home                história                programação                comercial                fotos              notícias              perguntas              contato
 
Pernambuco teve despesa de R$ 917 mi com acidentes de moto em 2015

Os acidentes de moto são o principal problema de saúde de Pernambuco. A afirmação foi feita pelo secretário de Saúde do Estado, Iran Costa, durante a apresentação do Relatório de Gestão do setor referente ao último quadrimestre de 2016, em audiência pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta quinta-feira (18). Segundo o gestor, os custos totais com esse tipo de acidente representam quase o dobro de todo o orçamento da Universidade de Pernambuco (UPE).


"Em 2015, essa despesa chegou a R$ 917 milhões. Desse valor, cerca de R$ 500 milhões vêm do orçamento da Secretaria de Saúde. Para se fazer uma comparação, o Governo gasta R$ 380 milhões por ano com a UPE", explicou. De acordo com Iran, são mais de 700 mortes e mais de três mil pessoas mutiladas a cada ano. "A atuação que a Secretaria de Saúde pode ter é apenas a de atender os acidentados. Para mudar isso, é preciso uma reação forte da sociedade, além de alterações na legislação de trânsito", defendeu.


Para o secretário, é possível provocar uma mudança nesse quadro com a fiscalização de medidas simples de segurança e a regulação do uso das motocicletas. "Uma proposta mais ousada seria determinar que cada moto circulasse apenas com uma pessoa. Foi algo que deu certo na Colômbia", sugeriu.


Compartilhe:


Av. Rádio Cultura do Nordeste, 1.130 - Indianópolis - Caruaru-PE
Fones: 81 3721.1130 - 3722.1130 - 3723.1130 | Fax: 81 3724.1130
comercial@radiocultura1130.com.br

© Copyright - Rádio Cultura do Nordeste
CNPJ: 10.003.143/0001-00

       

home
história
programação
comercial
fotos

videos
podcast
perguntas
contato